Politicas educacionais em análise: possibilidades de pesquisa a partir do materialismo histórico dialético e da teoria marxista da dependência

Autores: 
Marcos Britto CorrêaVicente Cabrera Calheiros

Resumo

Objetiva-se contribuir com elementos teóricos para pesquisas em educação voltadas à políticas educacionais. Destaca-se o Materialismo Histórico Dialético (MDH) como perspectiva teórica bem como, a contribuição da teoria marxista da dependência para a análise das políticas educacionais produzidas em países da periferia do capitalismo. Portanto, explora conceitualmente categorias referentes à perspectiva teórica produzindo a argumentação a partir de duas metáforas: a letra de uma música composta por Belchior e Fagner e um conto de Machado de Assis. Assim, da formação do Brasil como país dependente se propõe evidenciar a relação e implicação entre trabalho, Estado e políticas educacionais. A produção da argumentação se baseia na compreensão do quão significativo pode ser o MHD para estudos que envolvam centralidade nas ações do Estado em políticas educacionais, realçando a contribuição da vertente marxista da teoria da dependência para reflexões acerca do continente latino americano.