CIRCULA exibe clássico boliviano

31 de Julho de 2018, por IELA

O Circuito de Cinema Latino-Americano e Caribenho Alí Primera (CIRCULA), organizado pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA), apresenta na terça-feira (07/08) às 18:30, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC, o filme "La Nación Clandestina", do aclamado diretor boliviano Jorge Sanjinés. O título do longa, de 1989, faz referência à relação brutalmente assimétrica entre uma cultura dominante e outra oprimida, que convivem simultaneamente em tensão, em conflito permanente num mesmo país. Após a exibição do filme, haverá um debate sobre os pontos levantados pela obra com a participação do Doutorando em Serviço Social e indígena do povo Guarani, Cris Tupan.

Confira a sinopse:

Sebastián Mamami, um camponês de origem Aymara que foi expulso de sua comunidade, regressa para dançar até morrer. A comunidade camponesa, da qual havia sido expulso anos atrás por traição, o havia condenado ao exílio. Durante o tempo em que viveu na cidade, Mamami se confronta com a dura realidade de viver isolado de seu grupo social. Na cidade de La Paz era discriminado pela sua cor de pele e condição de índio. Ao compreender que sua existência individual só tem sentido na convivência com os demais, tenta reivindicar-se e alcançar a integração a custas de seu sacrifício.

O QUE? Exibição do longa-metragem "La Nación Clandestina"
QUANDO? Terça-feira, 07/08, às 18:30
ONDE? Auditório do Centro Socioeconômico (CSE)
Entrada livre.

Mais informações sobre o Circula em: www.iela.ufsc.br/circula