CIRCULA exibe filme sobre Massacre de Tlatelolco

30 de Maio de 2017, por Maicon Cláudio da Silva


O Circuito de Cinema Latino-Americano e Caribenho Alí Primera (CIRCULA,) organizado pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA-UFSC), apresenta na quarta-feira (31/05) às 18:30, o filme "Rojo Amanecer". O longa mexicano narra desde a perspectiva de uma janela os acontecimentos do chamado Massacre de Tlatelolco, de outubro de 1968, em que centenas de manifestantes foram assassinados pela polícia em uma Cidade do México que estava às vésperas de realizar os primeiros Jogos Olímpicos da América Latina. A exibição será no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC e logo após ocorrerá debate sobre a temática levantada.

Confira a sinopse:
Rojo Amanecer (1989) é um filme mexicano dirigido por Jorge Fons, que narra a história real do Massacre de Tlatelolco vista desde uma perspectiva de um apartamento em frente à Praça das Três Culturas - Cidade do México, onde se desenrolou um dos episódios de maior repressão policial da história mexicana. No apartamento, habitado por uma típica família de classe média mexicana que se preparava para mais um dia normal, tudo muda ao transcorrerem as horas e ao se perceberem presos em meio da repressão policial contra o movimento estudantil de 1968. Eram vésperas dos Jogos Olímpicos na Cidade do México. Centenas de pessoas são massacradas em nome da paz e da ordem. Filme impactante, sacode a consciência do público mostrando uma crônica de uma noite em que se ultrapassaram todos os limites e imperou o terror. Protagonizam a obra: María Rojo, Héctor Bonilla, Jorge Fegan, Ademar Arau, Bruno Bichir, Demián Bichir e Eduardo Palomo.

O QUE? Exibição de "Rojo Amanecer" (México)
QUANDO? Quarta-feira, 31/05, às 18:30
ONDE? Auditório do Centro Socioeconômico (CSE)
Entrada livre.

Mais informações sobre o Circula em: www.iela.ufsc.br/circula