Equador: a luta dos originários vai continuar