Adiadas as Jornadas Bolivarianas

13 de Abril de 2015, por Elaine Tavares


O Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA) realiza todos os anos as Jornadas Bolivarianas na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento se tornou um ponto de referência da reflexão crítica no Brasil não somente para os brasileiros interessados nos estudos latino-americanos, mas também para todos os intelectuais comprometidos com a emancipação definitiva da Pátria Grande.

Nosso evento é sempre aberto ao público, gratuito, e entrou no calendário intelectual de nossa cidade e país. A realização do evento sempre exige enorme esforço de nossa equipe e a busca de recursos nas fontes tradicionais de apoio a eventos e pesquisa. Neste ano, em função das terríveis medidas tomadas pelo governo destinadas ao pagamento do serviço da dívida (interna e externa), os órgãos de apoio não somente limitaram o volume de recursos disponíveis nos editais como tampouco liberaram os recursos daqueles projetos aprovados nos comitês científicos quanto ao mérito.

As Jornadas Bolivarianas obtiveram a aprovação de mérito para o evento “Política e Literatura na América Latina” em todos os órgãos aos quais submetemos nossa proposta da décima primeira edição do evento. Ademais, o orçamento aprovado com atraso no Congresso Nacional tornou impossível a liberação dos recursos por nós obtido nos editais nacionais. Neste contexto, a direção do IELA decidiu adiar o evento que sempre realizamos em abril para o mês de setembro próximo com a mesma programação e, se possível, com os mesmos convidados.

O IELA reafirma seu compromisso com a pesquisa e a reflexão crítica nos estudos latino-americanos, conta com a compreensão de todos e anuncia a realização de nosso evento nacional para o segundo semestre deste ano.

Nildo Ouriques - presidente