A crise no Rio de Janeiro, relações econômicas e políticas

4 de Janeiro de 2018, por Heitor Ney Matias da Silva


O Rio de Janeiro vive um crise devastadora, principalmente para os trabalhadores. Desemprego em alta, violência urbana, funcionários públicos sem receber salário. A minuciosa análise de Heitor Ney Mathias da Silva aponta as determinações políticas e econômicas e permite uma melhor compreensão sobre o que acontece no estado que abriga a cidade maravilhosa.

O texto foi publicado originalmente no Boletim de Conjuntura do Laboratório de Estudos sobre Hegemonia e Contra-hegemonia, sediado no instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leia o texto na íntegra