Haiti: resultado das eleições só em novembro

26 de Outubro de 2015, por Elaine Tavares


Mais de 50 candidatos disputaram nesse dia de 25 outubro, as eleições presidenciais no Haiti e justamente por conta do número elevado de candidatos as pesquisas não conseguem dar conta de alguma previsão. O resultado só deverá divulgado em 10 ou 15 dias. 

Segundo informes dos jornais o processo aconteceu em meio a muita confusão nos locais de votação, com as pessoas querendo votar e sendo impedidas sob a alegação de que já tinham votado. 

O candidato da Via Campesina, Chavannes Jean-Baptiste, que trazia as demandas dos trabalhadores, retirou seu nome do pleito denunciando fraudes que já estavam sendo cometidas. Sendo assim, os eleitores mais à esquerda ficaram sem opção. 

Dentre os mais de 50 candidatos o nome mais conhecido é o de Jude Celestin, que foi o candidato da situação em 2010, eliminado no segundo turno por denúncias de irregularidades. 
Outro nome que deve receber boa votação é o do candidato governista, indicado pelo presidente Michel Martelly, que se chama Jovenel Moses e faz parte da nova geração de políticos do país, tendo inclusive apresentado a ideia de voltar a formar um exército do Haiti.

Concorre também o ex-senador Mosie Jean Charles, que tem sido o grande adversário do atual presidente, o qual acusa de ser populista. 

O novo presidente terá por diante um grande desafio, afinal, o Haiti ainda não conseguiu se erguer depois da deposição de Jean Aristide e do terremoto que se configurou uma das piores catástrofes no país, isso sem contar a ocupação estrangeira, desde 2004, que tantos problemas causa. A economia está destruída, a migração é gigantesca e a pobreza é cada vez maior. 

Ontem cerca de 5,8 milhões de haitianos estavam aptos a votar e, além do presidente, escolherão também os 129 legisladores nacionais, além das autoridades locais. 

O segundo turno das eleições deve acontecer no dia 27 de dezembro.