Honduras escolhe novo presidente

27 de Novembro de 2017, por Elaine Tavares

Foto: El Heraldo - Nasralla se declara vencedor
Foto: El Heraldo - Nasralla se declara vencedor

Depois de 10 horas do encerramento da votação, o Tribunal Supremo Eleitoral divulgou os primeiros resultados das eleições presidenciais. Com praticamente 90% dos votos apurados, considerando que as cidades com mais densidade populacional já foram computadas, os resultados dão vitória ao candidato da Alianza de Oposición Contra la Dictadura, Salvador Nasralla, que disputou apoiado pelo ex-presidente Manuel Zelaya. 

Ainda que faltem mais de 7 mil mesas, os números possivelmente não mudarão muito, pois as mesas restantes são do interior e configuram 10% dos votos. 

Segundo o TSE até agora Nasralla soma 45,17 dos votos, enquanto o candidato oficial, do partido Nacional, Juan Orlando Hernández, fez 40,21%.

Apesar dos resultados, o clima ainda é tenso, pois ninguém descarta a possibilidade de fraudes. Nasralla falou ao povo hondurenho durante a noite para que vigiem as urnas e não permitam qualquer manipulação. 

Honduras viveu um golpe em 2009 quando Zelaya foi deposto e, desde então o Partido Nacional vem governando. Apesar de se dizerem amparados por eleições os governos oficiais não são reconhecidos por boa parte da população, que ainda se sente sob golpe. Depois de duas eleições consideradas fraudulentas, o que as gentes esperam é que desta vez se respeitem de verdade as urnas. 

A frente representada pela Aliança de Oposição contra a Ditadura aglutina vários partidos e, vencendo, pode dar uma direção mais progressista ao país. Durante esses anos pós-golpe Honduras tem vivido processos de muita violência e terrorismo de estado, com assassinatos de jornalistas e lideranças populares.