Novas Oficinas do Trama Digital Originária

1 de Setembro de 2015, por IELA

Foto: Rubens Lopes
Foto: Rubens Lopes

O projeto Trama Digital Originária, desenvolvido pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos, coordenado pela professora Beatriz Paiva, começa agora a etapa de oficinas em todo o país. O trabalho, que já capacitou cerca de 50 jovens indígenas catarinenses no universo digital, agora se estende para outras regiões do país. A proposta é trabalhar teoricamente, discutindo a questão do território e da cultura, e, em seguida, capacitar os jovens para o uso das novas tecnologias, particularmente o vídeo. 

A primeira oficina dessa etapa nacional já está marcada, será de 08 a 19 de setembro, no Distrito Federal, Brasília e envolverá 15 jovens. O trabalho será realizado na sede da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB). Na primeira semana, Cristiano Mariotto trabalha os temas das lutas, território e cultura, e na se segunda semana inicia o processo de capacitação teórico/prática com oficinas de fotografia, vídeo e edição, coordenado por Rubens Lopes.

Nesse momento do trabalho participam etnias da região centro-oeste. A segunda fase da formação deve acontecer no mês de outubro, na cidade de Manaus.