Cuba recebe Obama: perspectiva de mudanças na política externa e nas relações econômicas dos Estados Unidos em relação a Cuba

Autores: 
Domingos Alves de AlmeidaJulie Lemos Bohórquez

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo discutir e analisar as mudanças na política externa e nas relações econômicas dos Estados Unidos em relação a Cuba, a partir do reestabelecimento das relações diplomáticas entre esses países, ocorrida em 2016. Buscamos refletir sobre os reais motivos e a conjuntura geopolítica que levaram a alteração da política externa dos EUA. Tomamos como recorte para o estudo o biênio 2015-2016, destacando as caraterísticas econômicas do aspecto turístico de Cuba. Adotamos esse período por considerar os anos mais significativos desse processo político de reaproximação. Analisamos o número de turistas visitantes, visitantes que pernoitam no país, ingressos turísticos e chegada de turistas internacionais por países. Como metodologia, utilizamos a pesquisa bibliográfica e documental e realizamos análise quantitativa e qualitativa nos dados levantados. Na base epistêmica, recorremos às contribuições de Robert Putnam (2008) à análise de política externa, por meio de suas reflexões presentes na teorização dos Jogos de dois Níveis, que discorre sobre as relações existentes entre atores políticos da política externa e interna com grupos de interesse.