O 'Turista Aprendiz', de Mário de Andrade versus 'El Zorro de Arriba y El Zorro de Abajo, de José Maria Arguedas: uma aproximação literária e sociológica no panorama latino- americano

Autores: 
Cristiano OliveiraPedro Castro

Resumo

O presente artigo visa tecer algumas interpretações despretensiosas comparativas na obra O turista aprendiz (1976), de Mário de Andrade e a obra El Zorro de Arriba y El Zorro de Abajo (1971), de José Maria Arguedas. Primeiramente iremos tecer algumas considerações reflexivas a respeito da obra desses escritores. Em um segundo momento, situaremos em grau comparativo biográfico a perspectiva desses dois escritores. Posteriormente, em uma terceira etapa iremos buscar situar alguns laços contextuais históricos no período aos quais esses escritores estavam inseridos no plano da América Latina. Adiante, iremos centralizar o nosso olhar no objeto desse artigo, buscando pinçar fragmentos em ambas as obras que melhor evidenciem as possíveis semelhanças aqui canalizadas. Postulamos que ambas as obras guardam variados aspectos similares que podem elucidar a forma e o estilo do fazer literário de ambos os escritores. Como lastro teórico, iremos utilizar: Ancona (1977), Polar (2000), Mariategui (1928), entre outros. A contribuição desse artigo visa despertar para academia a proximidade do povo e do popular nas duas obras analisadas, assim como os possíveis desdobramentos de investigação.