Circula apresenta o URSO VERMELHO

10 de Setembro de 2009, por IELA

Circula apresenta o URSO VERMELHO

10.09.2009 - Nesta quinta-feira, dia 10 de setembro, às 18h30min, tem cinema do CIRCULA/IELA. É o “Urso vermelho”. O filme conta a história de Urso (Julio Chávez), que é enviado para a prisão por um roubo e um homicídio. Após sete anos, ele é libertado, e vemos em flashback o assalto que o levou à sua prisão. Sua filha Alicia (Agostina Lage), tinha um ano de idade no dia do roubo. Como conseqüência, Alicia nunca teve a chance de conhecer seu pai.

Urso retorna à sua cidade natal, um subúrbio de Buenos Aires, deprimido, plenamente consciente de que sua mulher, Natalia (Soledad Villamil), está vivendo com outro homem, Sergio (Luis Machin). No entanto, está determinado a estabelecer uma relação com Alicia, e recolher o dinheiro que um chefão do crime desprezível conhecido como o Turk (lavanda René) lhe devia. Entretanto, o turco quer Urso para ser o condutor em fuga de um último trabalho grande. Por sua parte, Alicia parece fascinado com o pai e faz-lhe prometer que nunca mais ir embora novamente.

Elenco:
* Julio Chávez como Bear
* Como Natalia Soledad Villamil
* Ace Sergio Luis Machin
* Alicia como Agostina Lage
* Enrique Liporace como Guemes
* René Lavand como Truck
* Daniel Valenzuela como Alfarito
* Freddy Flores como Truck

Distribuição
O filme foi apresentado no Festival de Cannes 23 de maio de 2002. Estreou na Argentina em 3 de outubro de 2002. Também foi exibido em festivais de cinema, incluindo: o Festival de Cinema de Gotemburgo, na Suécia, o Festival de Havana, Cuba, a América Latina Film Festival, Polónia, do latim Lleida-American Film Festival, Espanha, o Festival de Cinema de Cartagena, Colômbia , o filme pelo Festival de Cinema de Mar, Holanda, e do Festival Internacional de Helsínquia, Finlândia.

Crítica
O crítico de cinema Neil Young pensou que o filme fosse uma mistura envolvente de thriller e drama familiar, e escreveu, "O filme é, no entanto, uma eficaz incursão em um canto poeirento negligenciado da moderna Buenos Aires. Diego Batlle e jornalista, que escreve para o jornal espanhol La Nacion, escreveu: "A Bear Red impôs-se como uma peça de grande força dramática que ratifica o talento narrativo do prolífico diretor.

Local: Auditório do CSE