A nova onda conservadora na região: O rumo da Argentina de Mauricio Macri

Autores: 
Horacio Martin Melo Pissón

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar um panorama sobre o que tem sido até o momento o governo do Mauricio Macri na república Argentina. O presidente assumiu o mandato faz pouco mais de 3 meses, todavia, as medidas implementadas até agora já refletem o rumo que terá país, isto é, com marcada orientação neoliberal. Nesse sentido farei uma comparação entre o que foram os governos progressistas de Nestor Kirchner e posteriormente Cristina Fernandez, com as recentes mudanças implementadas por Mauricio Macri, que em nossa consideração representam um retrocesso em relação a várias conquistas políticas, econômicas e sociais dos anteriores governos. Além disso, as similitudes com os processos ocorridos no Brasil nos permitem fazer um paralelismo entre ambos países, sobre tudo em relação ao papel desempenhado pelos meios monopólicos de informação e a influência dos Estados Unidos. Nas considerações finais, com base no que vem acontecendo no país, “prevemos” o futuro próximo da república Argentina. Lamentavelmente o panorama não é alentador, mas pelo contrário, reflete certo medo e receio pelo que pode ser uma volta ao neoliberalismo radical, que afogou ao país na crise política, econômica, social e institucional do ano 2001. O desejo é que isso não aconteça.