Pandemia: de fratura metabólica e crise sistêmica

16 de Julho de 2021, por Carlos Walter Porto-Gonçalves, Pedro Henrique Rocha e Helena Trindade


Além de crises de diversas ordens - econômico/financeiras, energética, alimentar, climática/hídrica/ecológica, humanitária – que vêm afetando a humanidade, ainda que de forma desigual em sua geografia social, o ano de 2020 se viu diante de uma crise sanitária de dimensões globais, uma pandemia. Ainda que haja uma minoria negacionista, um relativo consenso veio se formando de que o mundo estaria diante da maior crise sanitária do último século, provocada pelo vírus identificado como SARS-CoV-2 (Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2), que desencadeia a enfermidade infecciosa COVID 19 (Coronavirus Disease 2019). 

LEIA O ARTIGO COMPLETO