A pesquisa é o fetiche da percentagem

27 de Fevereiro de 2022, por Gilberto Felisberto Vasconcellos


A esquerda perdoa todas as sacanagens da direita. É algo espantoso. Agora, são de mãos dadas numa ciranda louca. Também se juntam a direita e esquerda na fé frente à pesquisa eleitoral. A análise política foi para o beleléu. O que diriam da pesquisa Lenin, Mao e Che Guevara? Brizola já dizia: não acredita na pesquisa. E aponta: não existem ex-Bolsonaros, porque todos estão mergulhados na bolsoneurose. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos.

Ouça aqui