Novo Grupo de Estudos no Iela - Álvaro Vieira Pinto

Novo Grupo de Estudos no Iela - Álvaro Vieira Pinto

Sinopse

 

No próximo semestre letivo, ao final de agosto, o Instituto de Estudos Latino-Americanos dá início a um novo grupo de estudos presencial, desta vez particularizando na obra de Álvaro Vieira Pinto, “O conceito de tecnologia”. O trabalho será coordenado pelo professor do Centro Tecnológico do IFSC, Marcos Neves (Veja a entrevista).

Ao completar 35 anos da morte de Álvaro Vieira Pinto (1909 – 1987), a proposta é proporcionar aos dirigentes dos movimentos populares e sindicais, estudantes e professores o Projeto “Álvaro Vieira Pinto: revolução científico-técnica no contexto do capitalismo contemporâneo”. Concebido como um projeto de extensão e formação a partir de uma chave de leitura histórico-crítica da realidade brasileira, a intenção é decifrar os condicionamentos atuais da dependência latino-americana da tecnociência produzida no contexto imperialista do capitalismo contemporâneo.

Conforme fala Marcos Cesar Freitas, o propósito investigativo de Álvaro Vieira Pinto foi “compreender o lugar do trabalho e da forma de trabalhar na configuração do povo brasileiro”. O educador brasileiro Paulo Freire diz “que o homem, como ser de relações, desafiado pela natureza, a transforma com o seu trabalho; e que o resultado desta transformação, que se separa do homem, constitui seu mundo. O mundo da cultura que se prolonga no mundo da história”. O mundo da cultura, para Álvaro Vieira Pinto, compreende o mundo da ciência, da técnica e da tecnologia.

O desafio proposto no seu livro “Conceito de Tecnologia” (PINTO, 2005) é exatamente o pensar criticamente sobre o “significado do conceito de “era tecnológica”, geralmente utilizado para exprimir o traço distintivo dos tempos atuais. Este Projeto de formação e extensão do IELA encara o desafio proposto por Álvaro Viera Pinto. Desafio este que busca superar uma atitude ingênua que “...torna absolutos os modos de existência de cada época, as criações humanas nela possível. Em tal caso converte em ideologias a valoração, a exaltação do presente, procedimento muito favorável às classes sociais que desfrutam da posse dos instrumentos, bens e objetos de conforto e divertimento que a ciência do tempo lhes põe ao dispor.”

 Ao articular a dimensão formativa e extensionista do IELA, este Projeto estabelece um objetivo muito claro: resgatar do pensamento de Álvaro Vieira Pinto, particularmente sobre o conceito “era tecnológica”, elementos teóricos-metodológicos para uma reflexão militante (práxis) sobre os efeitos da revolução científico-técnica na formação social contemporânea brasileira e mundial, particularmente na organização da vida laboral da juventude e dos trabalhadores.

A primeira parte do trabalho é justamente criar o Grupo de Estudos sistemáticos da obra “O conceito de tecnologia” e depois, articular debates e conferências sobre o autor e sua obra.

Os interessados em participar do Grupo de estudos devem se inscrever pelo correio eletrônico do Iela, iela@contato.ufsc.br

O primeiro encontro do grupo está marcado para o dia 30 de agosto, às 17h30min, na Biblioteca Simón Rodríguez, do Iela.