Primeiro aniversário do Grupo de Puebla

9 de Julho de 2020, por IELA


Cinco ministros em exercício, oito ex-presidentes latino-americanos e dois economistas de destaque se somarão aos líderes progressistas que participarão na sexta-feira, 10 de julho, da comemoração do primeiro aniversário do Grupo Puebla.

Já estão confirmadas as presenças dos ministros das Relações Exteriores María Aránzazu González da Espanha e Felipe Solá da Argen4na; a ministra espanhola da Igualdade, Irene Montero; a ministra da Mulher, Gênero e Diversidade, Elizabeth Gómez Alcorta, e a ministra do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Juan Cabandié, ambas da Argentina.

O diálogo será aberto por uma exposição dos destacados economistas Mariana Mazzucato e José Antonio Ocampo, e a eles se somarão lideranças progressistas de 17 países para discutir a "Agenda Progressista para superar a crise da pandemia de Covid-19".

Mariana Mazzucato é uma economista ítalo-americana, docente da University College London e da University of Sussex. É autora dos livros "O estado empreendedor. Mitos do setor público versus setor privado" e "O valor de tudo", entre outras publicações. Além disso, é assessora do governo italiano e reconhecida internacionalmente como uma das intelectuais que estão repensando o capitalismo. Sua obra foi recomendada pelo Papa Francisco como leitura obrigatória para repensar
o futuro após a pandemia da Covid-19. Recentemente, em artigo publicado no New York Times, intitulado "We socialize bailouts. We should socialize successes, too", Mazzucato instou os governos que estão no combate aos efeitos da crise do Coronavírus a socializar os êxitos das  economias que permanecem privatizadas nas corporações, a distribuir os lucros para a sociedade quando o ciclo econômico der frutos.

José Antonio Ocampo é economista e político colombiano, referência obrigatória em sua área por seu trabalho com o Prêmio Nobel de Economia Joseph Stiglitz. Em seu país, trabalhou nos ministérios da Fazenda¸ do Crédito Público e da Agricultura. Ao mesmo tempo, seguiu a
carreira acadêmica na Faculdade de Economia da Universidad de los Andes e na Universidad Nacional, ambas na Colômbia, foi professor visitante das Universidades de Cambridge, Yale e Oxford.

O Grupo de Puebla confirma também a participação de seus membros fundadores: os ex-presidentes José “Pepe” Mujica, Dilma Rousseff, Rafael Correa, Ernesto Samper, Evo Morales, Mar4n Torrijos, Leonel Fernández e José Luis Rodríguez Zapatero; a ministra Irene Montero (Espanha); os exchanceleres Celso Amorim (Brasil), Guillaume Long (Equador) e Hugo Marnnez (El Salvador); os ex-ministros Aloizio Mercadante (Brasil), Clara López Obregón (Colômbia), Daniel Marnnez Villamil (Uruguai) e Carlos Ominami (Chile); os senadores Jorge Taiana (Argen4na), José Miguel Insulza e Alejandro Navarro (Chile), Iván Cepeda (Colômbia) e Esperanza
Marnnez (Paraguai); o ex-candidato presidencial chileno Marco EnríquezOminami; o coordenador do Grupo Parlamentar do MORENA e presidente do Conselho de Coordenação Política da Câmara dos Deputados, Mario Delgado (México); a ex-presidente da Assembleia Nacional do Equador,
Gabriela Rivadeneira; e a advogada Carol Proner (Brasil), entre outros.

Também estarão presentes David Adler, coordenador geral da Internacional Progressista (Estados Unidos) e o ministro argentino Juan Cabandié, entre outros.

Da comemoração, também participam membros do Conselho LatinoAmericano de Justiça e Democracia (CLAJUD), plataforma jurídica do Grupo de Puebla. Os juristas que estarão na atividade são a Ministra Elizabeth Gomez Alcorta, o acadêmico Damián Lore4 (Argentina) e o
Doutor em Direito Penal Juarez Tavares (Brasil), entre outros. 

O Grupo Parlamentar Progressista Ibero-Americano (GPI) do Grupo de Puebla, Daniella Cicardini (Chile) e Karina Sosa (El Salvador), entre outros, confirmaram presença.

Por fim, o diálogo contará com a moderação da atual secretária Executiva da Comissão Econômica para a América La4na e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena.
 

A atividade comemorativa do aniversário do Grupo de Puebla será realizada nos seguintes horários:
11h00 - El Salvador
12h00 - Colômbia, Equador, México, Peru e Panamá
13h00 - Bolívia, Chile, Paraguai e República Dominicana
14h00 - Argentina, Brasil e Uruguai
19h00 - Espanha

A atividade poderá ser acompanhada por streaming e pelas redes sociais
do Grupo de Puebla:
Twitter: @ProgresaLatam
Facebook: hups://www.facebook.com/progresalatam/
Instagram: @progresalatamc